Problemas nas Olimpíadas

Editorial
Guaíra, 16 de agosto de 2016 - 09h54

Alguns atletas americanos foram a uma festa, e na volta, seu taxi foi parado por bandidos. Armados, os bandidos colocaram as armas na cabeça dos atletas e mandaram todos se deitarem no chão enquanto levavam suas carteiras.

O ministro dos esportes, o “preparado” Leonardo Picianni foi rápido em soltar uma declaração oficial:

“A segurança nos Jogos Olímpicos tem ocorrido de forma absolutamente eficiente. As delegações, os atletas, têm participado de competições sem nenhum tipo de problema. Aqueles que compraram seu ingresso e que vão aos jogos têm ido sem nenhum tipo de problemas. Nós não podemos medir por um ou outro fato que tenha ocorrido fora dos locais de competição, fora do momento apropriado. Certamente nenhum atleta teve problemas nos seus locais de competição, na sua rotina de treinos, no seu convívio na vila olímpica”.

Ou seja, a culpa é toda dos atletas que saíram do mundo de faz de conta criado pelas autoridades e tentaram se portar como um carioca comum. Só faltou terminar com um “bem feito!”

Até quando o Comitê Olímpico e o governo do Rio de Janeiro vão “fechar os olhos” para os problemas que cercam a cidade fora das quadras e dos estádios?

As Olimpíadas podem maravilhar os olhos de quem está lá dentro, mas não de quem necessita dos serviços públicos do município. A saúde ainda está um caos, as escolas continuam paradas pela falta de verba… O Rio continua com os seus problemas, que podem piorar após as competições!


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente