Reunião discute proposta de empreendimento em área rural

Empresários apresentaram sugestão de empreendimento imobiliário em área próxima ao bairro São José do Albertópolis, o Guaritá, onde está localizado um braço do Rio Grande

Geral
Guaíra, 4 de março de 2019 - 14h19

Na tarde da última quinta-feira, 28, vereadores receberam empresários da cidade de Jaboticabal interessados em investir em um empreendimento imobiliário em uma área próxima ao bairro rural São José do Albertópolis, o Guaritá.

A proposta havia sido apresentada durante audiência do Plano Diretor realizada pelo Poder Legislativo. Na ocasião, foi manifestado que o projeto teria como objetivo explorar o potencial turístico da região em local que dá acesso a um braço do Rio Grande.

O encontro, que aconteceu na sala de reuniões da Câmara Municipal, contou com a presença dos vereadores Rafael Talarico, Moacir João Gregório, Ana Beatriz Coscrato Junqueira e Maria Adriana de Oliveira Gomes, além dos empresários Alexsandro Camargo e Beto Ariki, o engenheiro e Chefe do Departamento de Obras da prefeitura, José Emygdio de Oliveira Neto e o advogado da Câmara, Dr. Heber Gomes de Assis.

Na oportunidade, os empreendedores manifestaram que pretendem investir em uma área de 6 alqueires localizada cerca de quatro quilômetros do São José do Albertópolis. O local seria utilizado como ponto turístico e de lazer para as pessoas que tenham interesse nos lotes do empreendimento imobiliário.

Alexsandro manifestou que a proposta irá fomentar a economia do município, principalmente do Guaritá, que se transformará em um ponto de referência para os residentes no loteamento ou até mesmo aqueles que utilazrem para lazer e turismo. “Tenho total certeza que irá gerar emprego e renda para aquelas famílias”, destacou.

Para dar os primeiros passos, será necessária a aprovação de uma mudança na Lei de Zoneamento e Perímetro Urbano, transformando a área a ser utilizada em uma Zona Residencial. Essa legislação, inclusive, está tramitando na Câmara e deverá ter segunda votação na próxima sessão ordinária, que acontece nesta quarta-feira, dia 6. Com a modificação na legislação, abriria o caminho para que os empresários pudessem iniciar os procedimentos burocráticos para aprovação do loteamento nos órgãos responsáveis, inclusive na prefeitura municipal.

Os vereadores se comprometeram a fazer um estudo. O Chefe do Departamento de Obras da prefeitura José Emygdio comentou a necessidade de levar a proposta até o conhecimento do Conselho da Cidade (CONCIDADE), que é o órgão que analisa projetos desta natureza e diretamente orienta o poder público nestas questões.




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos