Uma Guaíra forte no olhar da vereadora Dra. Bia Junqueira

A parlamentar que conquistou credibilidade junto à comunidade avalia que a cidade precisa romper a barreira do comodismo na administração pública e se posicionar definitivamente no lugar de destaque que há tempos atrás ocupou na economia regional

Política
Guaíra, 17 de maio de 2020 - 03h52

Quebrar uma barreira que ao longo dos últimos anos vem impedindo que Guaíra volte a ter o lugar de destaque na economia regional, com os recursos públicos arrecadados retornando em favor da coletividade, é um desafio que a vereadora Dra. Ana Beatriz Coscrato Junqueira defende que todos cidadãos tenham como prioridade para os próximos anos.

A parlamentar afirma que o município tem uma receita anual de dar inveja a outros municípios, mas que na prática os valores do pagamento de impostos não retornam para os cidadãos em forma de ações governamentais. “Para existir este despertar de consciência coletivo para o uso do dinheiro público, é preciso que o cidadão faça uma reflexão simples: nos últimos três anos, qual obra, investimento público de grande importância foi feito com recursos próprios em Guaíra? Uma cidade que arrecada tanto, que é rica em recursos e não tem capital de investimento, é sinal que não é bem administrada e que o sistema realmente não funciona”, comentou.

Para a Dra. Bia, é este sistema incorreto do uso das receitas públicas sem o devido planejamento que desde as últimas administrações tem gerado graves problemas para a cidade. “Se por um lado, Guaíra cresce, com o surgimento de novos bairros e o povo trabalha tentando se manter, por outro, o poder público não acompanha esta demanda, deixando serviços essenciais e até prioritários, como a Saúde, em segundo plano. Com isso, o cidadão não tem uma saúde resolutiva, uma limpeza pública de qualidade, não tem uma valorização na Educação em relação principalmente a aprendizado e fica sem ações em setores essenciais como moradia, segurança e geração de empregos que realmente influenciem positivamente na vida das famílias”, atestou.

A vereadora destaca que já detectou os problemas que Guaíra enfrenta e diz que é preciso romper com a estrutura de comodismo, apadrinhamentos, privilégios e falta de planejamento na definição do que é realmente prioridade para o cidadão. “É preciso ter coragem para mostrar ao cidadão onde o recurso público escorre e isto passa por fazer ajustes na máquina pública. Até hoje não tiveram coragem de mexer em uma estrutura que perdura há anos e consome boa parte das receitas, porque é muito cômodo para quem está no poder, pois beneficia poucos – que se tornarão líderes de quem está no poder em futura campanha – em detrimento de muitos. O que a população precisa despertar é que Guaíra é rica em recursos, mas, na prática, esta riqueza não é devidamente distribuída no coletivo. Acredito que o poder público tem que dar abertura efetivamente à participação cada vez maior do cidadão nas decisões e prioridades e, de outro lado, o cidadão precisa despertar e participar mais das ações do poder público, caso contrário, ficaremos sempre estagnados.”

Nesta análise, quando Guaíra completa 91 anos de sua emancipação política e administrativa, a Dra. Bia é saudosista de um tempo em que os recursos públicos eram investidos com foco no desenvolvimento. “Na nossa história, temos bons exemplos de administradores que tiveram esta visão e priorizaram o crescimento da cidade com foco em diversas ações, que representaram avanços na qualidade de vida do cidadão. É este olhar que o guairense precisa ter, olhando para o passado para cobrar no presente. A cidade cresceu, mas o orçamento também. O que temos hoje em Guaíra é uma administração pública morna, ineficiente e que prioriza a permanência de um grupo no poder, sem levar em conta os reais anseios dos cidadãos. É chegada a hora do guairense despertar no íntimo todo o amor que sente por sua cidade e fazer valer seus anseios”, disse.

O FUTURO

No seu segundo mandato como vereadora, Dra. Ana Beatriz Coscrato Junqueira deixou o PSDB e filiou-se ao Podemos. Questionada se irá concorrer no próximo pleito eleitoral, a parlamentar afirma que é natural que todos os partidos apresentem candidatos. Se irá se candidatar à prefeita neste ano, Dra. Bia diz que existem comentários sobre pesquisas e que seu nome é um dos apontados pela população e que fica feliz com isso, por acreditar que pode ser o início do despertar para uma nova visão de rompimento de barreiras. “Já dei minha contribuição no Legislativo. Fui presidente da Câmara onde promovi ajustes e mudanças necessárias que até hoje refletem positivamente. Eu tenho uma visão de administração pública onde o recurso deve ser bem gerenciado e ter como único objetivo a qualidade de vida das famílias guairenses. Poder administrar dessa forma caracterizaria um verdadeiro rompimento de barreiras aí existente. Digo sempre que sonho que se sonha junto é realidade”, encerrou.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Política
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente