Nocaute?

Editorial
Guaíra, 14 de abril de 2016 - 08h12

Quem não acompanhou a sessão da câmara desta última terça-feira apenas não tomou conhecimento dos discurso e dos debates dos nossos edis. Mas o resultado todos ficaram sabendo porque a rede social – neste sentido – é um veículo rápido como um raio.

Só para lembrar, foi votado o repasse de 420 mil reais destinados para a realização da festa do peão em nossa cidade. Apenas Dona Cida Armani, Suzete Barini, Eliana da Maracá e José Renato votaram com o parecer favorável ao prefeito; os demais votaram contra.

Mas, ao nosso ver e a bem da verdade, estes 420 mil reais que pareceram ser a estrela da sessão e que arrebanharam os olhos de muitos para o seu resultado, foi apenas uma cortina de fumaça para a estrela da noite: a aprovação do zoneamento do perímetro urbano da cidade e das contas do prefeito de 2013.

Assim, perguntamos: não era o prefeito da atual administração que pretendia barrar os chamados “loteamentos” e acabar com a especulação imobiliária em nossa cidade?

Para isso ele teria que oferecer as moradias em déficit – que segundo consta são em número de 3.000 casas – e para sanar parte deste déficit ele teria que construir, pelo menos, as 1.000 casas prometidas.

Mas, pasmem nossos leitores: ao lado do projeto dos 420 mil da festa do peão e do loteamento, estavam as CONTAS que o TC aprovou – com ressalvas – do ano de 2013 de Sérgio de Mello. Poucos se deram conta disso: apenas a vereadora Bia Junqueira, Dr. Cecílio José Prates e José Mendonça – que votaram contra – atentaram para a importância de se verificar com rigor os gastos do nosso prefeito.

Com isso, a cortina de fumaça fez o seu papel: empanou os olhos de muitos que hoje só falam nisso e deixaram passar incólume, são e salvo, sem lesões, livres de danos e ilesas AS CONTAS DO NOSSO PREFEITO!!!!


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente