Só 13%!

Editorial
Guaíra, 2 de julho de 2016 - 08h07

Parece que o número 13 na vida de Michel Temer pode ser considerado um algarismo cabalístico. Lembra-se que ele chegou a ser o vice-presidente do Brasil, por duas vezes, exatamente por conta do número 13 teclado nas urnas eletrônicas pelos brasileiros?

Agora este numeral volta a aparecer na vida de Temer, desta vez demonstrando a porcentagem da população que considera a gestão provisória do presidente em exercício Michel Temer boa ou ótima: apenas 13%.

De acordo com pesquisa realizada pelo Ibope sob encomenda da Confederação Nacional da Indústria, a parcela dos entrevistados que avalia a atual gestão como ruim ou péssima é de 39%. Já os que consideram o governo regular são 36%. Outros 13% não souberam ou não quiseram responder.

Todas as variações ocorreram dentro da margem de erro máxima de doispontos porcentuais. De acordo com a pesquisa, 53% dos entrevistados desaprovam a maneira de governar de Temer desde que ele assumiu, em meados de maio. A proporção dos que aprovam a gestão é de 31%. Não souberam ou não responderam 16%.

A Confederação Nacional da Indústria e o Ibope também perguntaram sobre a confiança em relação ao presidente em exercício. A parcela dos que não confiam nele é de 66%. O porcentual daqueles que confiam na pessoa do presidente é de 27%.

Em relação à Dilma, houve melhora na popularidade, porém pouco significativa. Dos entrevistados, 44% consideram que a gestão de Temer é igual à presidente afastada. Outros 25% avaliam que a atuação do presidente em exercício é pior do que a sua antecessora.

Dos entrevistados, 23% disseram que a gestão de Temer é melhor do quea Dilma. Outros 8% não souberam ou não quiseram responder. Na última pesquisa divulgada pelo CNI, a porcentagem da população que desaprovavam a maneira de Dilma governar era de 82%.

A pesquisa mostra ainda que a parcela dos entrevistados que percebe o noticiário mais desfavorável ao governo é de 40%, enquanto aqueles que vêm o noticiário mais favorável são 18%.

Na pesquisa, em menos de dois meses de governo, houve um grande número de pessoas que não quiseram responder. Por que será?


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente