Uma questão de prioridade!

Editorial
Guaíra, 18 de março de 2016 - 09h36

Uma qualidade que qualquer gestor deve ter é saber separar – na sua empresa – o que é prioridade e o que é desnecessário.

Nossa prefeitura é uma empresa – todos sabem bem disso – cujo gestor passageiramente é o Sr. Sérgio de Mello, que parece não ter um planejamento e muito menos uma lista de prioridades. Ou, ainda:  as prioridades de Sérgio não “batem” com os anseios da população.

Assim, fala-se muito no “Jardim das Esculturas” e na “Festa do Peão”, ambos eventos que demandam uma quantia bem alta de dinheiro.

Quem não gosta de ver uma bela escultura enfeitando nossa lagoa? Quem não gosta da festa do peão, um dos eventos mais esperados do ano?

A resposta é uma só: todos nós gostamos, mas existem prioridades muito mais prementes a serem cumpridas.

Querem um exemplo?

A Praça São Sebastião, a mais antiga de nossa cidade, por exemplo, está deteriorada! As calçadas estão sem manutenção há anos e a iluminação está parcialmente funcionando.

A piscina do CSU, que é palco da hidroginástica da terceira idade e afins, está quebrada! O problema do lixo ainda é alvo de críticas. Os postinhos de saúde carecem de mais atenção. Há, ainda, buracos por toda a cidade, que são motivos de acidentes – principalmente dos motociclistas.

Os vereadores denunciam – em todas as sessões – uma enxurrada de prioridades que passam longe do “Jardim das Esculturas” e da “Festa do Peão.”

Enfim, nesta época em que estamos vivendo uma  economia de guerra, dentro da nossa casa, ver o dinheiro público ser direcionado para o “desnecessário” dói no fundo da alma.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente