Dona Marli e o Santa Luz | sua ”menina dos olhos”

Marli Salomão Vacaro é professora aposentada e a mentora da criação da Escola Santa Luz. Sentiu, desde sempre, a necessidade de se oferecer um ensino de qualidade que priorizasse a instrução aliada com os valores éticos, morais e sociais do ser humano. Nasceu para ser professora, a sala de aula foi o seu ambiente de trabalho e foi lá que moldou e iluminou com conhecimentos os inúmeros alunos que jamais a esquecerão. É feliz e realizada com o que edificou durante estes 20 anos

Entrevistas
Guaíra, 19 de maio de 2019 - 08h30


Você sempre viu a educação como um agente transformador do ser humano não é?

Sim, este é o caminho. A verdade é que há muitas formas de transmissão de conhecimento, mas o ato de educar só se dá com afeto, só se completa com amor.

 

Qual a tarefa de um bom educador?

A tarefa de todo educador, não apenas o professor, é a de formar seres humanos felizes e ajustados na sociedade em que vive.

 

Hoje você está nos ”bastidores” da instituição. Não vai mais acolher os alunos quando chegam na escola?

Fiz isto durante anos. Era uma satisfação vê-los chegando, me abraçando, beijando e, muitas vezes, fazendo fila, se posicionando uns atrás dos outros esperando a vez do abraço acolhedor. Eu penso que todo profissional – de qualquer área – tem que saber a hora de parar. Mas, nunca parei não. Só não estou mais com a presença física, mas tenho conhecimento de tudo que se passa nas duas unidades.

 

O Santa Luz é uma Instituição familiar?

Sempre foi, desde a sua criação. Meus filhos, minhas primas e aqueles que não tinham parentesco de sangue, mas de afinidade, contribuíram para que chegássemos a esses 20 anos de sucesso. O objetivo, desde o início, foi o de oferecer aqui, em nossa cidade, a mesma qualidade de ensino que nossos estudantes buscavam lá fora. Muitos viajavam para as cidades da região procurando um conteúdo aprimorado com professores qualificados.

 

Então…

Então, fizemos o caminho inverso: deixamos o aluno desfrutar do conforto do seu lar, sem correr risco nas estradas e fomos em busca dos melhores professores da região. Analisamos vários materiais didáticos e conseguimos o nosso objetivo, tanto com a contratação dos professores de excelência quanto do material utilizado.

 

O professor é peça fundamental na escola?

Sem dúvida. Costumo dizer que o professor é a alma da Educação, a alma da escola, o sujeito transformador. O aluno tem que sentir, no seu mestre, o amigo, o companheiro, o guia, o educador. Se ele tiver essa empatia com o professor, fatalmente irá gostar da matéria que ele leciona e aprenderá com satisfação.

 

Hoje o que mais te gratifica?

Ver meus filhos se tornando profissionais capacitados, dirigindo a Escola com habilidade, contornando os obstáculos – que invariavelmente aparecem em qualquer setor – com idoneidade e muito carinho. Também tenho grande satisfação quando vejo nossos alunos prestando vestibulares e frequentando as melhores universidades que conhecemos.

 

Tem ideia de quantos profissionais estão atuando no mercado de trabalho que passaram pelo Santa Luz?

Impossível quantificar, mas foram muitos e, hoje, estão espalhados por aí, são advogados, médicos, engenheiros, dentistas, empresários, professores, alguns até atuando no exterior. Fico imensamente feliz quando os encontro e recebo um agradecimento, um carinho, quando dizem que ainda se lembram das minhas aulas e que aprenderam a gostar do ”Português” porque eu os incentivei e os estimulei.

 

É grata à sociedade de Guaíra?

Imensamente grata. Acolheram a escola, confiaram seus filhos aos nossos cuidados, acreditaram que estávamos construindo um futuro promissor e melhor para eles. Agradeço a Deus todos os dias e fico enternecida quando percebo que há famílias que entenderam que não se mede a qualidade do ensino pelo preço das mensalidades. Tenho orgulho de dizer que faço parte da história educacional de nossa cidade.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Entrevistas
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos