PAT explica para a comunidade como são preenchidas as vagas de emprego

Com questionamentos feitos por algumas pessoas, o posto informou que apenas capta as vagas e que são as empresas que selecionam os currículos e candidatos. Entrevista com os responsáveis pelo setor esclarece outras dúvidas dos guairenses

Entrevistas
Guaíra, 17 de janeiro de 2021 - 18h29

Muitas pessoas ainda não conhecem a atuação do Posto de Atendimento ao Trabalhador de Guaíra, que funciona dentro do prédio do Ganha Tempo Municipal. Outras ainda criticam o trabalho do setor, por desconhecer como funciona a seleção de vagas e o encaminhamento de currículos para as empresas.

Com foco no assunto na última semana, o Jornal O Guaíra buscou esclarecimentos com os responsáveis: a chefe do posto, Vera Maria de Araujo Chapela e o diretor do departamento de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Serginho Suzuki. 

Lembrando que o PAT é uma rede de atendimento do governo do estado, em parceria com os municípios, que auxilia as pessoas desempregadas e as empresas em busca de funcionários. “O PAT é mais uma alternativa para aqueles que buscam oportunidades no mercado de trabalho, propiciando informações e orientações ao trabalhador na procura por emprego e, aos empregadores na busca de recursos humanos, promovendo o encontro de ambos de maneira ágil, minimizando o custo social causado pelo desemprego”, diz Vera.

Confira a entrevista.

Quem seleciona os candidatos para as vagas?

Vera: O PAT apenas capta as vagas, é o intermediador. Em contato com as empresas, que enviam as exigências para cada cargo, o posto recebe as inscrições dos candidatos e envia os currículos para os empregadores, que vão selecionar aqueles que lhe interessam para as entrevistas. Lembramos sempre que não somos os responsáveis pela contratação. Apenas fazemos a “ponte” entre o trabalhador e o empregador. Enviamos os currículos que são de interesse da empresa e ela faz a entrevista com a pessoa. Para facilitar a contratação, também disponibilizamos nosso espaço físico para aqueles que preferem fazer a entrevista fora da empresa. 

Quantas vagas de emprego o PAT disponibiliza?

Vera: Pelo nosso desempenho, recebemos muitas oportunidades de vagas das empresas, que sempre nos procuram para auxiliarmos na seleção de currículos. Sempre temos vagas e estamos divulgando constantemente, seja através dos meios de comunicação da cidade, ou até mesmo pelas redes sociais.

Serginho: É importante frisar que o PAT não escolhe quem será o contratado. o Posto envia para a empresa os currículos das pessoas que aparecem interessadas nas vagas. Se a empresa não chama todos não é culpa nossa. Geralmente são poucas vagas para muitos interessados e sempre haverá aqueles que não serão chamados.

Para o PAT, por que não há adesão da população para essas oportunidades? Algumas pessoas reclamam que há muitas exigências para as vagas.

Vera: muitas pessoas nos procuram para fazer cadastro para as vagas, mas sempre lembramos que a atualização do cadastro no PAT deve ser feita a cada 3 meses, e que o

interesse pela vaga deve surgir do cidadão. Quem escolhe o candidato é a empresa e, como ela sempre tem muitas opções, claro que selecionará a pessoa que demonstrar maior interesse, que for melhor na entrevista, que souber se portar melhor diante do entrevistador, ou outras exigências. Além disso, colocamos nas vagas apenas aquilo que o empregador pede. Às vezes exige conhecimento na área e às vezes ele demonstra apenas que “é desejável”, mas não descarta de também receber currículo de uma pessoa sem experiência, por exemplo.

Para vocês, por que há reclamações sobre a não contratação de quem procura o PAT?

Serginho: Eu costumo falar que em processo seletivo haverá sempre mais “não” do que “sim”, porque sempre vai ter muitas pessoas em busca de apenas poucas vagas. Neste mundo globalizado, as pessoas mais preparadas e qualificadas vão sobressair das outras. Portanto, as pessoas devem descobrir o seu potencial e habilidades, aperfeiçoando sempre com treinamentos, cursos de qualificação, para atender as exigências do mercado de trabalho, cada dia mais concorrido.

Vera: A gente manda sempre o máximo que podemos de currículos para as empresas. E frequentemente são escolhidos daqueles que enviamos. Temos uma boa reputação com os empregadores por conta disso e estamos há anos atuando em Guaíra e cumprindo as metas e exigências do Estado. Não há contratação de todos aqueles que procuram as vagas, porque são muitos interessados para poucas vagas. O que não pode é a pessoa desistir, deixar de atualizar seu cadastro no PAT, ou não buscar se aperfeiçoar para poder ser escolhida na próxima vez.  

Qual o conselho do Posto para essas pessoas que não foram selecionadas?

Vera: Que não desistam de buscar seu lugar no mercado de trabalho e que estejam em constante atualização com as atuais exigências. Sabemos que é primordial um currículo bem feito e uma entrevista bem apresentada. Para a entrevista, o trabalhador deve estar bem vestido e se portar bem. Isso é muito importante: comportamento e postura. Às vezes, a pessoa tem um bom currículo, mas não se dá bem na entrevista. Não sabemos como será esse ano por conta da pandemia, mas, em tempos normais, temos curso para essas pessoas que procuram o primeiro emprego e na capacitação ajudamos os candidatos a saberem se portar diante de uma entrevista e a descobrirem as suas melhores habilidades. 

Serginho: A secretaria municipal de desenvolvimento tem boas parcerias para oferecer cursos aos guairenses. Sempre trazemos boas capacitações, para diversas áreas. Uma pena que estamos em pandemia e não sabemos como será esse ano, mas já adiantamos que teremos cursos já para fevereiro. Um conselho é que, essas pessoas que buscam emprego, aproveitem as oportunidades e sempre que tiver uma capacitação, que se inscrevam e participem. Demonstrem interesse em melhorar seus currículos.

Esse “comporta-se bem” também vale para as redes sociais?

Vera: Com certeza! Se engana quem pensa que as empresas não avaliam seus candidatos também pelas redes sociais. Hoje em dia, é muito fácil identificar o comportamento de alguém pelas redes sociais. Se está brigando, xingando, criticando, tudo isso pode influenciar em uma contratação. Por isso, sempre aconselhamos as pessoas a se portarem bem em uma entrevista e também fora dela, porque tudo isso influencia. Não podemos nos esquecer que moramos em uma cidade pequena e que as pessoas estão sempre acompanhando o que as outras fazem. Infelizmente, as redes sociais se tornaram “terra sem lei” e tem muita gente denegrindo a imagem de terceiros, sem se importar o quanto isso pode ser prejudicial para ela mesma. 

O que o setor de desenvolvimento econômico pretende fazer em 2021 para amenizar esse problema?

Serginho: Perdemos um grande programa do Sebrae que estava projetado para ocorrer em 2020 por consequência da pandemia. Mas não desistimos e continuamos fechando parceria com Sebrae, Senai e outros para buscar capacitações para a comunidade guairense. Ainda não sabemos como o Estado reagirá nos próximos meses e se, com a vacina, poderemos voltar ao “normal” em breve. Mas estamos esperançosos de que a vacinação possa fazer um 2021 mais acessível e com mais oportunidades. Enquanto isso, já conseguimos alguns cursos para a cidade, tudo para capacitar as pessoas ao mercado de trabalho ou até mesmo para empresas que querem e precisam melhorar o seu negócio, fazendo com que haja mais vagas de emprego na cidade. 

38 VAGAS DE EMPREGO

Para essa semana, ainda há 38 vagas disponíveis no PAT. Iniciando nesta edição, o Jornal O Guaíra publica as oportunidades em sua nova coluna: “PAT – oportunidades aos guairenses”.

Vagas disponíveis até dia 18 de janeiro:

 

ATENDENTE DE FARMÁCIA (BALCÃO) – 04 VAGAS

Ambos os gêneros; Idade entre 18 e 35 anos; Ensino médio completo; Com experiência

Atividades a desempenhar: Atendimento ao cliente e ao telefone, organização da loja e do

estoque, reposição de mercadoria.

 

MOTORISTA – 03 VAGAS

CNH categoria “D ou E” com “Exerce atividade remunerada”

Desejável experiência em transporte de cana, bate e volta, transporte de carga líquida,

composto, basculante ou de passageiros (com CETPC)

 

OPERADOR(A) INDUSTRIAL – 03 VAGAS

Contrato de safra 2021/2022; Ensino médio completo; Desejável experiência com os processos de extração, destilaria, tratamento de caldo, produção de açúcar ou utilidades.

Desejável também experiência em solda, caldeiraria ou serralheria.

Ambos os Gêneros

 

ANALISTA DE LABORATÓRIO INDUSTRIAL E SACAROSE – 03 VAGAS

Contrato de safra 2021/2022; Formação Técnica completa em Açúcar e Álcool ou Química.

Necessário CRQ ativo; Desejável experiência em laboratório

Ambos os Gêneros

 

ELETRICISTA INDUSTRIAL – 03 VAGAS

Contrato de safra 2021/2022; Desejável Formação Técnica em Eletrônica ou Eletrotécnica

Desejável experiência anterior na área

Ambos os Gêneros

 

INSTRUMENTISTA INDUSTRIAL – 03 VAGAS

Contrato de safra 2021/2022; Desejável Formação em Instrumentação

Desejável experiência anterior na área

Ambos os Gêneros

 

ELETRICISTA INDUSTRIAL I – 01 VAGA

Desejável Formação Técnica em Eletrônica ou Eletrotécnica e NR 10

Desejável experiência em montagem de infraestrutura elétrica, instalações elétricas,

manutenção de máquinas e motores elétricos, interpretação de desenhos técnicos e diagramas elétricos. Conhecimentos em parametrização de inversores de frequência e chaves Soft Starter é um diferencial.

Ambos os Gêneros

 

MECÂNICO INDUSTRIAL – 03 VAGAS

Contrato de safra 2021/2022

Desejável Formação em Mecânica

Desejável experiência anterior na área

Ambos os Gêneros

 

SOLDADOR AUTOMOTIVO – 03 VAGAS

Contrato de safra 2021/2022

Desejável experiência em solda MIG e Eletrodo.

Ensino médio completo e CNH categoria AB

Ambos os Gêneros

 

MECÂNICO AUTOMOTIVO – 03 VAGAS

Contrato de safra 2021/2022; Desejável experiência como mecânico de tratores, colhedoras, caminhões ou implementos agrícolas.

Desejável ensino médio completo e CNH categoria D

Ambos os Gêneros

 

ELETRICISTA AUTOMOTIVO – 03 VAGAS

Contrato de safra 2021/2022; Desejável conhecimento e experiência em elétrica automotiva de tratores, caminhões e colhedoras.

Desejável ensino médio

Ambos os Gêneros

 

Vagas disponíveis até dia 19 de janeiro:

 

CARPINTEIRO – 01 VAGA

Gênero masculino

Que tenha experiência mínima na área

 

MONTADOR DE MÓVEIS – 01 VAGA

Para trabalhar em loja de departamento

Disponibilidade de trabalhar em horário comercial

Experiência mínima na área

 

FARMACÊUTICO- 04 VAGAS

Ambos os gêneros; Idade entre 18 e 45 anos

Superior completo com CRF ativo

Com experiência como farmacêutico de Farmácias.

ATENÇÃO

Para maiores detalhes sobre as vagas, os interessados deverão procurar o PAT (rua 8 nº 221 esquina da avenida 5, prédio do Ganha Tempo municipal) no horário das 08:30 às 16:30 horas para se cadastrar e atualizar o cadastro, levando todos os documentos pessoais. 

 

 



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Entrevistas
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente